15/04/2024

Folha do Norte da Ilha

O jornal mais tradicional do norte da Ilha de Santa Catarina

Encontro da hotelaria movimenta a Capital na primeira quinzena de agosto

Soluções e Inovações para hotelaria serão discutidas durante o 32º Encatho e Exprotel, entre os dias 13 e 15 de agosto em Florianópolis

Em Santa Catarina o setor turístico é responsável por 13% do PIB do Estado e beneficia diversos setores. Se indústria turística cresce, a hotelaria segue a tendência e busca se adaptar ao mercado e ao consumidor.

Segundo o estudo desenvolvido pelo Panrotas – Empresa de comunicação, eventos e inteligência de mercado para a indústria de Viagens e Turismo, e apresentado no Fórum PANROTAS 2019 “Turismo, consumo & aeroporto: o super turista brasileiro”, 94% dos brasileiros têm interesse em viagem e Turismo. A pesquisa foi realizada no Aeroporto de Guarulhos (SP) e mostra que viajar está entre os principais sonhos dos brasileiros (14%), estando atrás apenas do sonho da casa própria (31%), independência/estabilidade financeira (19%) e realização profissional (17%).

“A ABIH-SC está atenta ao momento propício para a hotelaria e realiza este grande encontro, 32º Encatho e Exprotel, como forma de proporcionar ao setor um encaminhamento direto às novidades e tendências de mercado”, pontua Osmar José Vailatti, Diretor-presidente da ABIH-SC.

O tema do Encatho segue a tendência do setor hoteleiro, que está investindo em desenvolvimento dos colaboradores e melhorando as práticas de gestão para acompanhar tendências que estão causando grandes impactos na hotelaria. O momento é de planejar, acompanhar mudanças e tendências, organizar, atualizar-se e investir. O setor enfrenta mudanças tanto no modo de oferecer como no modo de consumir. O cenário aponta que há entraves, gargalos que devem ser superados.

As plataformas como Airbnb, trouxeram para o mercado uma nova expectativa na locação de meio de hospedagem que modificam o pensamento tradicionalista e mostra que é preciso inovar, acompanhar, criar opções diferenciadas de leitos e de serviços e mostrar estes diferenciais trazidos pelo serviço hoteleiro, além de torná-lo mais atrativo.

A tecnologia está embutida em toda parte e em qualquer ramo da economia e na hotelaria não é diferente, mas, é preciso saber usar, integrar os canais, os meios, tornar funcional para atrair, conhecer o hóspede, fidelizar. Entram aqui as tendências dos programas de fidelidade, para diferenciar o produto. Importante salientar que é preciso alinhar os programas de fidelidade considerando quanto os clientes estão dispostos a gastar, se são recorrentes, entre outros pontos a serem observados.

O mobile se torna protagonista e aponta que as pessoas estão até mesmo dispostas a pagar mais para comprar por aplicativos, através de ofertas personalizadas e segmentadas. A inteligência artificial implantada nos setores de comunicação com o público-alvo vem trazer facilidade e agilidade ao processo. Tecnologia usada para divulgar, para vender, para gerenciar, sanar dúvidas, facilitar a vida do gestor, dos funcionários e dos hóspedes traz retorno para todos os lados envolvidos.

No Encatho serão realizados encontros e palestras para promover reflexão, integração, troca de experiências e capacitação do setor no que tange novas tecnologias, leis, adaptações, planejamento, marketing, segurança, gestão, economia e diversos outros assuntos inerentes a promover um turismo lucrativo e de qualidade. O encontro abre também espaço para o Simpósio de Governança, encontros e reuniões do trade e exposição e comercialização de produtos, tecnologias e serviços na Exprotel, com centenas de marcas que estarão no espaço para contribuir para o bom funcionamento dos negócios e da excelência em atendimento. As negociações durante a feira serão diretas, sem intermediário, com ofertas exclusivas e diferenciadas.

Da redação: Vânia Monteiro e Adriana Bonin – VM Comunição