17/07/2024

Folha do Norte da Ilha

O jornal mais tradicional do norte da Ilha de Santa Catarina

Maternidade Carmela Dutra completa 69 anos e ganha novos equipamentos do Governo de SC

A maternidade é um dos símbolos de identidade de quem é manezinho da Ilha de Santa Catarina

A Maternidade Carmela Dutra, um dos símbolos de identidade de quem é manezinho da Ilha, está celebrando neste mês 69 anos de dedicação e cuidados com a saúde da mulher e do recém-nascido. O aniversário pode ser comemorado, com a entrega de novos equipamento e reformas através da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Com esses investimentos do governo do Estado, os serviços e o empenho do voluntariado, a MCD continuará a expandir sua capacidade, garantindo que pacientes recebam atendimento em um ambiente seguro e acolhedor.

“Celebramos os 69 anos da nossa Maternidade Carmela Dutra, símbolo da mulher e do recém-nascido. Com a ajuda do governo que está investindo nas adequações e na melhora do ambiente para as mães, para o recém-nascido e para os profissionais que fazem parte da Carmela Dutra, para que juntos possamos cada vez mais ter essa referência em todo o nosso estado de Santa Catarina”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Diogo Demarchi.

Os novos equipamentos irão proporcionar diagnóstico mais precisos

Os novos equipamentos adquiridos já estão sendo utilizados, proporcionando maior conforto aos médicos e pacientes. Entre os aparelhos destacam-se 58 bombas de infusão para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), duas autoclaves, cinco camas PPP, uma unidade de fototerapia a LED e um mamógrafo digital de alta resolução. Este último, além de reduzir o tempo de exame e a exposição à radiação, proporciona diagnósticos mais precisos graças aos monitores de alta resolução

As reformas também foram abrangentes: a UTI Neonatal foi modernizada com a adequação da rede de gases medicinais e vácuo, o Centro Obstétrico e o Banco de Leite e Lactário foram reformados e ampliados, as paredes de setores internos foram recuperadas e receberam nova pintura. Além disso, foram construídos um novo abrigo para resíduos e uma nova sala de espera, melhorias que buscam beneficiar tanto pacientes quanto profissionais.

“A Maternidade Carmela Dutra não é apenas sinônimo de nascimento. Atendemos pacientes de todos os municípios de Santa Catarina nas especialidades de obstetrícia, ginecologia e mastologia. Hoje somos referência estadual em cirurgias ginecológicas e oncológicas, e em gravidez de alto risco. O serviço de neonatologia da maternidade é referência no atendimento aos recém-nascidos”, reforça o diretor Gilberto Seemann.

Inaugurada em 3 de julho de 1955, foi a primeira maternidade pública de Santa Catarina. Iniciou as internações obstétricas em 1956, com 79 leitos, e sua administração foi entregue às irmãs da Divina Providência. Hoje, é uma das 13 unidades administradas pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Marcada pela tradição, a Carmela, como é conhecida, tornou-se ao longo dos anos símbolo de quem nasceu na Ilha de Santa Catarina.

Da redação com informações da Secretaria da Saúde
Fotos: Divulgação/Secom