17/07/2024

Folha do Norte da Ilha

O jornal mais tradicional do norte da Ilha de Santa Catarina

Prefeitura recupera área degradada de restinga na Cachoeira do Bom Jesus

A Prefeitura de Florianópolis juntamente com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e da Fundação Municipal do Meio Ambiente – FLORAM, realizaram na última terça-feira (18), o plantio de 122 mudas de espécies nativas para a recuperação de área degradada de restinga na praia da Cachoeira do Bom Jesus, no norte da Ilha.

 O plantio foi organizado depois de denúncia realizada por pescadores da região, que perceberam a retirada de vegetação em terreno próximo a um rancho provisório da pesca da tainha, bem como o depósito irregular de lixo, com queima de resíduos. “Nós temos um trabalho direcionado aos pescadores na educação ambiental, onde debatemos a preservação das restingas, o cuidado com as dinâmicas do ambiente marinho. Com a colaboração deles conseguimos identificar com mais agilidade o problema e encaminhar a recuperação desse espaço”, explica Maria Aparecida Cabral de Sá, educadora ambiental.

Espaço vinha sendo utilizado para o descarte incorreto de lixo

 Aroeira, feijão-de-praia, marmeleiro, gabiroba e canavalia estão entre as espécies utilizadas no plantio, todas produzidas no viveiro do Monumento Natural Municipal da Lagoa do Peri, sendo a última uma importante aliada para impedir a movimentação da areia. “As áreas de restinga, além de abrigarem uma riqueza de fauna e flora, servem como proteção às comunidades litorâneas, principalmente em dias de fortes ventos marítimos, o que torna imprescindível mantê-las conservadas”, destaca o secretário de meio ambiente e desenvolvimento sustentável, Fábio Braga.

Um cercado construído com mourões de madeira e cordas foi instalado ao redor da área de plantio para a proteção das mudas. A Prefeitura Municipal irá observar também o desenvolvimento das espécies, com visita de monitoramento marcada para o próximo mês.

Da redação: Marcos Albuquerque/PMF
Fotos: Divulgação