17/07/2024

Folha do Norte da Ilha

O jornal mais tradicional do norte da Ilha de Santa Catarina

Redes pluviais da Capital serão vistoriadas com um robô

A Prefeitura de Florianópolis, em conjunto com o Grupo Sanear Floripa, iniciou os trabalhos de fiscalização de redes pluviais subterrâneas da Capital com a utilização de um robô. O equipamento começou a operar no dia 17, em ação especial da Blitz Sanear feita na rua das Flores, no bairro Canasvieiras. Com a tecnologia, as equipes técnicas poderão acessar as galerias do sistema pluvial de forma mais simples, diminuindo o tempo para o diagnóstico do problema e o custo financeiro para eventuais correções necessárias na estrutura sanitária da cidade.

O robô, constituído por quatro rodas, luzes e câmera, é manuseado por um controle remoto e fornece auxílio de um óculos de realidade virtual para quem o comanda. Entre os principais pontos positivos da sua utilização, além da praticidade em acessar os pontos mais profundos das redes de saneamento, está a dispensa de quebra de asfalto para abertura de buracos que permitam observar as instalações subterrâneas. Nestes locais, por exemplo, pode haver rompimento ou quebra de tubulações, o que denuncia falhas do sistema.

Equipamento auxiliará nas atividades do Pacto pelo Saneamento

As imagens capturadas pela nova tecnologia ainda permitem localizar ligações irregulares de esgotos nas galerias pluviais e suas origens. A demanda para utilização do robô passará obrigatoriamente por avaliação das equipes técnicas dos programas englobados pelo Grupo Sanear Floripa, como a Blitz Sanear e o Trato Pelo Capivari, por exemplo. Serão avaliadas a necessidade e a disponibilidade de uso do aparelho.

A engenharia que sustenta a estrutura do robô de vídeo inspeção pode ser utilizada em redes coletores tronco, emissários e sistema de drenagem urbana. O comando via joystick e os óculos com imagem em tempo real do percurso trazem imagens em alta resolução, geradas automaticamente, e gravação salva em banco de dados. O equipamento também alcança uma profundidade de até 70 metros dentro das tubulações.

“É mais um avanço nas atividades do Pacto pelo Saneamento. Estamos nas ruas diariamente para fiscalizar e corrigir os problemas sanitários de Florianópolis, mas há locais de difícil acesso que não nos permitem chegar em todos os cantos da cidade. Com a ajuda do robô, otimizamos a identificação e a correção de eventuais adversidades no nosso sistema de saneamento, além de unir tecnologia e meio ambiente, que podem e devem caminhar juntos”, destaca o secretário de meio ambiente e desenvolvimento sustentável, Fábio Braga.

Na ação desta sexta, estavam presentes os representantes da Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Visa (Vigilância Sanitária Municipal de Florianópolis), Floram (Fundação Municipal do Meio Ambiente de Florianópolis) e do programa Blitz Sanear. O uso do equipamento será destinado para as ações previstas no Pacto pelo Saneamento.

Da redação com informações da PMF
Fotos: Divulgação